Reuniões da CIBE e Obreiros no Brás lotadas

A cooperação nos trabalhos administrativos, que dirigem o campo do Brás, sob a liderança do Pastor Samuel Ferreira e Pastora Keila Ferreira, foi tremenda.

Pela manhã por volta das 08h a movimentação já se intensificava nos arredores da avenida Celso Garcia, 560, bem como nas ruas adjacentes como a José Monteiro e a Rua Coimbra, entrada do estacionamento da igreja. O dia começou com a oração intercessória pelo congresso do CORAFESP que acontece no próximo final de semana e pelas famílias de todos nós. Esta campanha de 30 dias foi levantada pela Pastora Keila, na reunião passada.

Após, o coral de regentes da CIBE se apresentou com dois hinos e em seguida a Pastora Keila Ferreira trouxe uma palavra rápida, mas certeira, na direção de Deus, aos corações de todos os presentes. Para esta ministração ela trouxe uma reflexão no que diz respeito à convivência entre irmãos e que está implícita no texto de II Reis 4:1-3, que diz o seguinte:

“E uma mulher, das mulheres dos filhos dos profetas, clamou a Eliseu, dizendo: Meu marido, teu servo, morreu; e tu sabes que o teu servo temia ao SENHOR; e veio o credor, para levar os meus dois filhos para serem servos. E Eliseu lhe disse: Que te hei de fazer? Dize-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite. Então disse ele: Vai, pede emprestadas, de todos os teus vizinhos, vasilhas vazias, não poucas.”

“Este texto é bem conhecido mas eu não vou falar do milagre em si, quero só te dizer que todo mundo um dia precisa de uma vasilha emprestada. Ouça-me: Essa pessoa que você marcou para tirar do seu convívio, que você tem colocado um ‘x’ na testa, que você quer longe do teu ministério, deixa eu te dizer que é exatamente ela que Deus vai usar para te emprestar um vaso.”

“Coisa que me espanta é quando alguém chega e diz: ‘Ah Pastora, estou aprendendo a te amar’ – Ora, temos que saber que Jesus ensinou já que é amando a si mesmo, com esse amor, que você ama ao próximo, não existe isso de ‘estou aprendendo’. Mas eu te digo, tenha comunhão com essa pessoa. É ela que vai te emprestar o vaso. Ninguém é auto-suficiente na vida a ponto de viver sem precisar das pessoas. Não despreza não.”

“Nessa manhã a palavra de Deus para a sua vida é: Todo mundo precisa de todo mundo.”

Ao final a Pastora orou pelas irmãs e ministrou um lindo momento de adoração, junto ao Ministério de Louvor da igreja, o Brás Adoração.

Um mover que continuou abençoando a Reunião Geral de Obreiros que teve lugar à tarde, após o almoço.

O Brás Adoração abriu a reunião com vários hinos de seu repertório mais novo e algumas músicas do CD “Incomparável”. Após os avisos administrativos, o Pastor Samuel Ferreira, acompanhado da Pastora Keila e seu filho, Pr. Manoel Ferreira Netto, vice-presidente da AD Brás e presidente da AD Campinas, deu sequência aos despachos do dia.

O Pastor Samuel apresentou os presidentes dos campos de Aracaju, Osasco e Sumaré, respectivamente os pastores, Jefferson Magela, Cleverson Guimarães e Oséias Silva e cada um trouxe uma saudação aos obreiros, falando do quanto aprenderam ao lado do Pastor Samuel e da Pastora Keila, enquanto co-pastores no Brás e dirigindo nossas congregações na capital.

Testemunhos que mostram a força do Ministério de Madureira, pelo Brasil e do reconhecimento que só um líder com a visão abrangente como o Pastor Samuel Ferreira, pode proporcionar a quem busca com excelência, o episcopado.

Sem dúvida, um dia especial.

Autor: Comunicação AD Brás

Administração do Portal e das Mídias Sociais da Assembleia de Deus no Brás

Compartilhe Este Artigo

Envie um Comentário