Conheça o trabalho missionário de Madureira em Burkina Fasso

No Culto da Família do último domingo (19/11), o Bispo Samuel Ferreira, falou sobre a visita que recebemos do nosso missionário na África, em Burkina Fasso, o Pr. Mamadud.Ele, juntamente com sua esposa, Miss. Regiane, dirige o trabalho do Ministério de Madureira em solo africano. Trabalho que recebeu do Senhor uma grande bênção, a oportunidade de adquirir um terreno de cerca de 10.000 m², onde foi erguido o templo de nossa igreja que já conta com um bom número de membros.

O trabalho de evangelização não é fácil. Para que se tenha uma idéia do tamanho do desafio, Burkina Faso é uma ex-colônia francesa majoritariamente muçulmana. Cerca de 65% da população segue as doutrinas do alcorão, sendo inclusive o nosso missionário, fruto de um testemunho maravilhoso de conversão, bem como toda a sua família que hoje confessam que Jesus é o caminho, a verdade e a vida.

Apenas 3 a 4% são cristãos, há muito ainda a ser feito e em Deus estão as forças para encarar os desafios do dia-a-dia. Nos últimos tempos, houve a necessidade de colocar piso e ar-condicionado no templo, fatores que, num lugar onde as altas temperaturas são a normalidade, um conforto maior ajuda nos cultos e serve como ferramenta para atrair mais pessoas para um lugar em que estarão mais confortáveis, bem como recebendo também a pregação da palavra.

Ocorre que, mais do que estes itens, faz-se necessário também um muro ao redor do templo, pois recentemente a mesquita que há ao lado, começou a fazer com que seus frequentadores invadam o terreno da igreja para orar, numa clara atitude de tentar diminuir o avanço da igreja do Senhor. A orientação das autoridades foi a construção de um muro, para facilitar a fiscalização.

Os recursos para todas estas melhorias foram, com a graça de Deus, levantados durante a CONEMAD-SP 2017, que aconteceu na AD Brás nos dias 10, 11 e 12 de Novembro. Também foi levantado na oportunidade, uma oferta especial para abençoar a vida do Pr. Mamadud  e de sua família.

No domingo também (como em todos os anos) o Bispo Samuel Ferreira solicitou que na última ceia do ano, em dezembro (que será na 2ª semana), todos os que sentirem de Deus, tragam uma oferta missionária especial, para que a Convenção Estadual envie às suas centenas de missionários pelo Brasil e o Mundo, recursos que garantam um natal especial para eles e seus familiares que servem a obra.

Uma das principais lutas do Pr. Mamadud em nossa igreja de Burkina Faso, é livrar milhares de crianças de uma terrível realidade, intrínseca à cultura local, que as escraviza. Elas são conhecidas como Garibous e são entregues pelos pais a figuras místicas da comunidade, condenando-as a maus tratos terríveis que têm como objetivo fazê-las arrecadar por dia em esmolas, 300 francos (algo em torno de 2 reais) para seus senhores e ainda decorar em árabe, o alcorão (que não é seu idioma natal).

Para saber mais sobre esta realidade, a pedido do nosso Presidente, disponibilizamos os vídeos que foram exibidos durante a CONEMAD-SP 2017, na ocasião em que o Pr. Mamadud falava ao plenário. O primeiro fala da construção do templo e o outro da Casa CACEMAR, projeto pertencente à nossa igreja em Burkina Fasso que acolhe as crianças que se libertam dos maus tratos, que conta a história destas crianças (que contou com a ajuda de um joranlista francês).

Confira:

AD Brás, há 11 anos, amando Jesus, levando Deus a sério, num pastoreio com Excelência.

Autor: Comunicação AD Brás

Administração do Portal e das Mídias Sociais da Assembleia de Deus no Brás

Compartilhe Este Artigo

Envie um Comentário