Tenda, altar e promessas

As últimas terças aqui na Assembleia de Deus no Brás tem sido mais do que especiais.

Ministrações impregnadas da revelação de Deus, louvores que tem subido ao céu diante do trono do Senhor e um povo cada vez mais firmado na verdade da palavra. Sempre sedentos pelo evangelho libertador de Jesus.

Nesta terça o Pastor Samuel Ferreira ministrou sobre o texto de Hebreus 11:8-10 que diz:

“Pela fé Abraão, sendo chamado, obedeceu, indo para um lugar que havia de receber por herança; e saiu, sem saber para onde ia. Pela fé habitou na terra da promessa, como em terra alheia, morando em cabanas com Isaque e Jacó, herdeiros com ele da mesma promessa. Porque esperava a cidade que tem fundamentos, da qual o artífice e construtor é Deus.”

“Eu quero chamar a sua atenção aqui, para um fato ocorrido com Abraão. O chamado pai ou patriarca da fé. Aquele que posteriormente encontramos no livro de Gênesis, com tantas histórias que envolvem seu nome. Abraão que não é chamado por Deus, pobre para então ficar rico, ele já era milionário. Ele caminhou a vida inteira aprendendo a viver, ainda que rico, em cabanas ou tendas. E é sobre isso que eu quero falar com você hoje.”

“Abraão mora numa tenda, tem um altar para adorar a Deus e vive de promessas. Eu quero frisar isso no seu coração. Este é o resumo da vida de Abraão: Uma tenda pra morar, um altar para adorar e promessas para viver. Permita-me dizer-lhe aqui algo: Eu até hoje não achei na bíblia, promessas que não estejam associadas à obediência. Quem tem promessa tem que entender que promessa gera obediência.”

“Mas por vezes a gente encontra um irmão que tendo promessa se nega a ser obediente. ‘Pastor eu tenho uma promessa grande’ – Ok, isso é lindo, mas qual o tamanho da sua obediência? Será que você está vivendo uma conveniência que, quando tem a promessa atendida, vai embora pra casa dormir? Como quem quer comprar fast-food? Se você não quer ser obediente, abra mão da sua promessa. Eu acredito piamente que desobediência quebra o compromisso de Deus em cumprir a promessa. Sua promessa está completamente ligada à sua obediência.”

“Promessa, quando é feita, o cumprimento não é na hora. Você vai vivendo, tendo experiência, às vezes sendo humilhado, mas você vai caminhando na espera e vivendo na expectativa da promessa. Quer saber se você está andando no caminho certo da sua promessa? É quando você acorda e não tem idéia do que vai fazer. Olha Abraão: ele não sabia pra onde ia, foi chamado pra sair e foi.”

“Escute isso e aprenda: Para cada milagre, um altar. Não adianta ficar parado no altar do primeiro milagre. Fazer altar significa que tem que ter sacrifício, trabalho. É mexer em pedra gelada, mas depois que o altar esquenta tem que por fogo nele. O problema não é vir gelado pro culto, o problema é ficar gelado. Se esquentar pode ter certeza, tem promessa nova que Deus vai dar.”

“Não adianta torcer contra quem tem promessa. Quem foi chamado e tem promessa tem fôlego para acordar pela manhã. O problema é que tem promessa mora em tenda. Abraão morava em Ur dos Caldeus e morava bem. Ele tinha tanto dinheiro que o rebanho dele foi multiplica do e o país onde morava não tinha pasto suficiente para o rebanho dele. Mas quando saiu de lá, passou a habitar em tendas. Quem mora assim, tem endereço incerto.”

“Quem habita em tenda é assim: Hoje você está aqui, amanhã é onde Deus quiser. Deus é dinâmico, Sempre melhor. Morar em tenda é confundir o inferno. O diabo vem dominado pelo tempo, ele não é onipresente. Ele vem para armar uma arapuca contra você, gasta tempo nela, investe tudo, mas então: cadê o crente que estava aqui?”

“Tenda é uma estratégia que Deus deu para Abraão e para você, para mostrar que mesmo a vida toda com inimigos, eles não irão te achar porque quando Deus mandar, você levanta acampamento e Deus irá com você como Deus ia com ele. Assim é com você nesta noite, em nome de Jesus.”

 

Autor: Comunicação AD Brás

Administração do Portal e das Mídias Sociais da Assembleia de Deus no Brás

Compartilhe Este Artigo

Envie um Comentário