Seu galho seco, florescerá

O Inverno Quente continua com tudo aqui na AD Brás. O evento do que contempla as campanhas de domingo e terça e está contando com grandes ministros da palavra de Deus, escolhidos pelos nossos pastores, está impactando vidas.

Na noite deste domingo foi o Pr. Joatão B. de Macedo quem ministrou a palavra de Deus.

O BA ministrou louvores também, logo após os demais departamentos musicais de nossa igreja, e fez uma participação com lindos hinos que estarão muito em breve nas lojas do Brasil todo, no novo CD e DVD. “Intercede por Mim” e “Uma Palavra”, que trouxeram a presença de Deus para o templo e depois o preletor da noite, o Pr. Joatão, também ministrou junto ao BA o hino “O Choro”, que preparou os corações para a poderosa palavra de Deus.

O Pr. Joatão ministrou no texto que está no livro de Números, capítulo 17, nos versos 1 a 5:

“Então, falou o Senhor a Moisés, dizendo: Fala aos filhos de Israel e toma deles uma vara para cada casa paterna de todos os seus príncipes, segundo as casas de seus pais, doze varas; e escreverás o nome de cada um sobre a sua vara. Porém o nome de Arão escreverás sobre a vara de Levi; porque cada cabeça da casa de seus pais terá uma vara. E as porás na tenda da congregação, perante o Testemunho, onde eu virei a vós. E será que a vara do homem que eu tiver escolhido florescerá; assim, farei cessar as murmurações dos filhos de Israel contra mim, com que murmuram contra vós.”

“O povo estava sofrendo no Egito e Deus preparou o livramento do povo. E então, resumindo, pois sei que vocês conhecem bem essa história, o povo saiu todo de uma vez, das garras de Faraó e durante a peregrinação Deus ordenou a Moisés que fosse construído o tabernáculo e escolhesse alguém, um sacerdote, para cuidar de todas essas coisas que a multidão não poderia fazer.”

“O povo estava sendo conduzido por Moisés, passou várias situações e depois Deus então o manda fazer isso. E portanto para falar com Deus, Moisés entrou no Santo dos Santos para escolher este sacerdote, este sumo-sacerdote.

Ele chega na frente da Arca, e da tampa do propiciatório a presença de Deus sai para falar com ele. Deus já havia escolhido e diz a Moises o que lemos nos versos deste capítulo, para quê então se revelasse aquele que Deus escolheu.”

“Com alegria Moisés sai da presença de Deus, porque ele foi anunciar que era Arão, seu irmão, o escolhido e o povo ficou como que descontente. Então Moisés teve de lidar com a murmuração das pessoas, por causa desta escolha. Escute, as escolhas não sao humanas no templo, é Deus quem levanta cada pessoa e dá a ela o seu chamado específico. Deus não se engana, não adianta murmurar.”

“Alguns dizem: ‘Estou há ta to tempo aqui nesta igreja, porque eu não sou o escolhido?’ – outros dizem: ‘Eu faço tanta coisa aqui e ninguém nunca me chamou’.”

“Muitas vezes os pessimistas falam tão alto, que a gente até dúvida que foi Deus quem falou. Não olha pra eles não, pouco importa se são muitos falando, você mais Deus é maioria.”

“Deus tem uma surpresa boa, para alguns aqui, ainda amanhã pela manhã. Deita e dorme, porque amanhã quando você acordar Deus já terá agido.”

“Não adianta você querer passar na porta que Jesus fechou e tentar trancar a porta que Ele abriu pra outra pessoa, a gente tem que ser o que Deus quer, na hora que ele quer, a hora de você brilhar vai chegar, mas é Ele quem determina.”

“Quem zombou de você até hoje vai ter que reconhecer a autoridade de Deus que há sobre a sua vida, Ele é quem te chamou, quem te preparou, quem te capacitou, quem fez florescer o galho seco e vai trazer até os teus pés, aquele que te perseguiu. Vara de tribuloso não floresce, mas a sua, é hoje”.

Autor: Comunicação AD Brás

Administração do Portal e das Mídias Sociais da Assembleia de Deus no Brás

Compartilhe Este Artigo

Envie um Comentário